“A Universidade em tempos de pandemia” apresentado pela UMinho Editora

A UMinho Editora acaba de publicar, em formato digital e em acesso aberto, o livro “A Universidade do Minho em tempos de pandemia”. O livro, que será apresentado no próximo dia 17 de dezembro, às 17H30, reúne cerca de meia centena de textos que retratam, a partir de diferentes experiências, perspetivas e olhares disciplinares, a forma como a pandemia provocada pelo vírus SARS-CoV-2 foi sentida na Universidade do Minho, a primeira universidade portuguesa a ser atingida pelos seus efeitos, a partir de 7 de março de 2020.

 
Uminho

Os contributos reunidos exprimem o modo como a comunidade académica se organizou para garantir o funcionamento da instituição e o cumprimento da sua missão, mas também a necessária reflexão crítica sobre a nova realidade que se afirmou com a pandemia, o seu significado e os seus impactos na sociedade.

 
 

Dado o elevado número e a diversidade dos contributos, “A Universidade do Minho em tempos de pandemia” organiza-se em três volumes, que tentam dar resposta a três possíveis interrogações. Assim, o 1º volume, com o subtítulo de ‘Reflexões’, procura equacionar diferentes perspetivas em torno da questão: “Mas o que é isto?”. O 2º volume, que recebe o subtítulo de ‘(Re)Ações’, corporiza um conjunto de textos que reflete as atuações em diferentes áreas da dimensão académica, elucidando quanto ao modo: “Como reagimos?”. Finalmente, o 3º volume, que acusa o subtítulo de ‘Projeções’, dá expressão a uma inevitável pergunta: “E agora?”.

A sessão de apresentação do livro será presidida pelo reitor da Universidade do Minho, Rui de Vieira de Castro e contará com a presença dos organizadores da obra, bem como dos autores e será difundida através de transmissão em direto no Facebook e YouTube da UMinho.

 
 

O conjunto da obra “A Universidade do Minho em tempos de pandemia”, assim como os volumes e os textos individuais que a integram, está disponível em acesso aberto a partir do seguinte endereço: https://doi.org/10.21814/uminho.ed.22

Comentários

comentários