Braga desafia universitários a pensar a segregação profissional e a igualdade de género

No âmbito do projeto “Divercidade: Braga uma Viagem Intercultural”, financiado pelo Fundo para o Asilo, Migração e Integração (FAMI), o Município de Braga está a desafiar os jovens universitários a participar na atividade “Projeto Artístico sobre Segregação Profissional”.

 

Com esta iniciativa, a Autarquia pretende que os estudantes da Universidade do Minho e do Centro Regional de Braga da Universidade Católica apresentem, individualmente ou em grupo, um projeto artístico (música, pintura, fotografia, vídeo, cerâmica, ilustração, serigrafia, etc.), enquadrado na temática da Segregação Profissional e Igualdade de Género no acesso às profissões.

 
 

Os projetos devem ser apresentados até 14 de janeiro de 2022.

Os vencedores do concurso, mediante a avaliação de um júri multidisciplinar constituído para a avaliação das candidaturas, contam com os seguintes prémios:

 
 

• 1º Prémio: 2 bilhetes para um espetáculo no Fórum Braga (mediante programação do Fórum Braga e disponível para espetáculos decorrentes após janeiro de 2022).

• 2º e 3º Prémios: 1 Cartão QUADRILÁTERO, que garante 50% de desconto em espetáculos promovidos pelo teatro Gil Vicente, Theatro Circo, Casa das Artes e Centro Cultural Vila Flor, cortesia da Associação QUADRILÁTERO Urbano.

 

Mais informações podem ser obtidas em www.bragadivercidade.pt

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...