Cinco exposições para visitar na reabertura dos espaços culturais de Barcelos

Já reabriram o Museu de Olaria, a Galeria Municipal de Arte, a Casa da Azenha, o Posto de Turismo e a Torre Medieval, dando continuidade ao plano de desconfinamento definido pelo Governo.

 
Barcelos


Aqueles espaços municipais dedicados à cultura e à arte reabriram com uma série de exposições que revelam a diversidade artística e a criativa existentes no concelho.
Rosa Ramalho está em destaque no Museu de Olaria. Neste privilegiado espaço no coração histórico de Barcelos continua patente a exposição “O figurado de Rosa Ramalho na coleção do Espanhol”, do galego Juan Yebra-Pimentel Rodríguez. A exposição conta com mais de uma centena de peças feitas pelas mãos da conceituada artesã.

 
 


“ReconFigurado” é a outra mostra a não perder no Museu de Olaria. Estudantes do curso de Design Gráfico da Escola Superior de Design do IPCA redescobriram a arte com assinatura de Rosa Ramalho e transformaram-na em exposição.


A Galeria Municipal de Arte também já reabriu portas e conta com uma nova mostra. “Do Esquisso ao Esquema” apresenta desenhos de alunos da Escola Superior de Design do IPCA. Trata-se de uma mostra dedicada ao desenho, que procura pensar sobre o mesmo, naquilo que são as suas possibilidades e caminhos de investigação e de reflexão. Cada trabalho apresentado conduz por uma descoberta sobre modos de fazer, técnicas e materiais, e aspetos plásticos, estéticos e concetuais.

 
 

Cada desenho surpreende e conduz a vários pensamentos e diversos sentidos. Através desta exposição cumpre-se um dos propósitos do IPCA, na medida em que aproxima a comunidade à Escola de Design e à própria instituição.
A Casa da Azenha reabriu portas e volta a receber turistas e caminheiros com a exposição de pintura e escultura “Santiago pelas mãos dos artistas barcelenses”.


À espera de visitantes estão também o Posto de Turismo e a Torre Medieval. “Louça tradicional de Barcelos, um passado com futuro…” apresenta trabalhos da Cerâmica João Vasconcelos do Vale, Lda. Tratando-se de uma exposição com vista à divulgação, promoção e valorização de um produto identitário e diferenciador do território barcelense, é objetivo do Município continuar a apoiar o que de mais caraterístico é feito pelos barristas, artistas, artesãos e empresas locais.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...