Covid-19: Mais de 100 mil docentes e não docentes vacinados em quatro dias

O ministro da Educação disse hoje, em Felgueiras, que nos últimos quatro dias foram vacinados “mais de 100 mil docentes e não docentes”, indicando que “a grande maioria” tem agora a dose de reforço.

 

“Nos últimos quatro dias, pudemos reforçar a vacinação de docentes e não docentes. Mais de 100 mil foram vacinados estes dias. Já havia um conjunto de cerca de 85 mil que estavam vacinados pela idade, anteriormente. Isso significa que a grande maioria dos docentes e não docentes do nosso país têm, neste momento, a dose de reforço”, afirmou o governante, em declarações aos jornalistas.

 
 

O governante explicou que a Direção-Geral da Saúde referiu ser “importante, em função dos tempos de vacinação, testar agora todos os trabalhadores docentes e não docentes – os adultos que já tinham sido vacinados há mais tempo”, o que está a acontecer.

Tiago Brandão Rodrigues assinalou hoje o recomeço do ano letivo, após a paragem do Natal, na Escola Secundária de Idães, concelho de Felgueiras, no distrito do Porto, o primeiro estabelecimento de ensino do país a encerrar, no dia 07 de março do ano passado, quando surgiram os primeiros casos de covid-19 na região de Felgueiras e Lousada.

 
 

Ainda sobre a vacinação com a dose de reforço, o ministro recordou que “as autoridades de saúde disseram que os docentes e não docentes que não puderam ser vacinados com senha digital Casa Aberta durante estes quatro dias, o poderão fazer nos próximos dias, porque continuarão a ser grupo prioritário”.

Comentários

comentários

 

Você pode gostar...