Festival FIO leva ópera a espaços emblemáticos de Braga

A Cidade de Braga acolhe no próximo dia 18 de Setembro o FIO – Festival Informal de Ópera. O evento fica marcado pela estreia quatro óperas em português criadas especificamente para quatro espaços icónicos de Braga: gnration, Museu Nogueira da Silva, Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho e Museu dos Biscainhos. O FIO foi idealizado por um colectivo informal de artistas em colaboração com a Sinfonietta de Braga, com o apoio do Município de Braga e da Direcção Geral das Artes.

 
Braga
Cidade de Braga / Imagem ilustrativa

O programa do festival inclui a realização de actividades paralelas inspiradas na temática da ópera, que pautam os momentos que antecedem e intercalam as estreias, nomeadamente: a apresentação pública do resultado das oficinas “Vamos criar uma ópera?”; uma mesa-redonda intitulada “Ópera para quê?”;  o audioguia “Passeio Sonoro”.

 
 

Nesta primeira edição, o festival terá como solistas os cantores Ana Maria Pinto, Nataliya Stepanska, Tiago Matos e Miguel Maduro Dias, com direcção musical do maestro Jan Wierzba.

“In(opeRA)vel” com música de Sara Ross, texto de Tiago Schwäbl e encenação de Joana Providência será a primeira estreia do dia e terá lugar no palco da blackbox do gnration, pelas 15h00. Às 17h00 e 18h00 seguem-se duas récitas da ópera “O Concílio Celeste”, no Museu Nogueira da Silva, com música de Fátima Fonte, texto de Patrícia Portela encenação de Sónia Baptista.

 
 

A terceira ópera, “Oráculos & Ladainhas”, com início às 21h00, será apresentada no Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho e tem a autoria musical de Sofia Sousa Rocha, texto de Tiago Schwäbl e encenação de António Torres. A ópera “Maria Magola”, com música de Francisco Fontes, texto de Marta Pais de Oliveira e encenação de Daniela Cruz, realizar-se-á no Museu dos Biscainhos às 22h, encerrando o festival.

PROGRAMA:

 

IN(opeRA)VEL – FIO: Festival Informal de Ópera | 15h00 | gnration

O concílio celeste – FIO: Festival Informal de Ópera | 17h00 e 18h00| Museu Nogueira da Silva

 

Oráculos & Ladainhas – FIO: Festival Informal de Ópera | 21h00| Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho

Maria Magola | 22h00| Museu dos Biscainhos

“Sonhar e realizar” | 11h00| Conservatório de Música Calouste Gulbenkian

Apresentação do resultado das oficinas de criação operática “Vamos criar uma ópera”

 

Mais informações em www.cm-braga.pt

Comentários

comentários

Você pode gostar...