GNR recupera em Guilhofrei um Gaio-Comum

O Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) da GNR da Póvoa de Lanhoso, recuperou em Guilhofrei – Vieira do Minho, um gaio-comum (Garrulus glandarius) que foi entregue no Centro de Recuperação de Animais do Parque Nacional da Peneda-Gerês para avaliação.

 

O Gaio-Comum é uma grande ave dos bosques, com cauda comprida, asas arredondadas e plumagem muito característica. Tem um comprimento de 33 a 36 cm e um peso de 140 a 190 g. Tem uma coroa malhada de preto e branco, um bigode preto, dorso e ventre castanho rosado. As asas e a cauda são pretas, com o uropígio e parte interna das asas brancas, ambos muito visíveis em vôo. Apresenta uma mancha azul iridescente, com riscas finas pretas e brancas, nas grandes coberturas primárias, muito característica.

 
 

CRFS – Centro de Recuperação de Fauna Selvagem do Gerês localiza-se no Parque Nacional da Peneda-Gerês e recebe, trata e recupera animais selvagens feridos ou debilitados. Uma vez recuperados são, sempre que possível, devolvidos à natureza. Em paralelo, desenvolve linhas de investigação, numa perspetiva de conservação da fauna selvagem. Estes trabalhos são ainda complementados com a participação em ações de educação ambiental a nível regional para diferentes públicos.

Anualmente, passam por este centro cerca de 300 animais selvagens, na sua maioria aves, da fauna indígena ou naturalizada, nomeadamente de espécies abrangidas por diretivas e convenções Internacionais de conservação da natureza. Este centro permite, em condições ótimas de tranquilidade e de minimização de epizootias, o eficiente acolhimento, a recuperação física e comportamental, o seu tratamento, bem-estar e recuperação. 

 
 

O CRFS do Gerês trabalha em estreita parceria e cooperação com o Centro de Recuperação do Parque Biológico de Gaia, com o Centro de Recuperação de Fauna da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e com a GNR – Guarda Nacional Republicana, quer na receção quer, sempre que possível, na devolução dos animais recuperados ao seu habitat natural de origem.

Se descobrir um animal selvagem ferido contacte o SEPNA da GNR –  808 200 520.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...