Guimarães com mais três equipas multidisciplinares no combate à Covid-19

Guimarães avança com mais três equipas multidisciplinares de saúde em resposta à comunidade, depois de ter criado equipas de apoio às escolas no combate à pandemia e em articulação com as autoridades de saúde. Domingos Bragança considera que a constituição destas equipas “permite o acesso aos dados desta pandemia” no sentido de “preparar respostas de atuação rápida no terreno e aumentar a eficiência no apoio à população”. Este era um dos desígnios já assumidos pelo Presidente da Câmara junto do Ministério da Saúde. 

 
Guimarães

O diretor do ACES do Alto Ave, Novais de Carvalho, apontou este protocolo como “fundamental” a fim de “dar corpo a um trabalho no terreno e próximo das pessoas”. “Já temos uma equipa multidisciplinar no terreno dedicada às escolas e agora avançam mais três equipas no sentido de dar resposta à comunidade”. São três as equipas que estarão no terreno, divididas por áreas do concelho. Novais de Carvalho reforçou que este apoio vai além da Covid-19. “Pretende-se dar apoio na área social, nos lares e nas mais diversas áreas, pois há pessoas confinadas e em dificuldades e temos de estar atentos nesses apoios mais necessários”.

 
 

Para operacionalizar estas equipas multidisciplinares, a Caetano Auto Toyota cedeu três viaturas.  Em representação da empresa, Ricardo Pimenta destacou a vontade expressa para ajudar a combater esta pandemia. “Tentamos sempre ajudar as pessoas, os nossos clientes são de Guimarães, e cabe-nos fazer a nossa parte através deste protocolo com a Câmara. Estamos a retribuir à comunidade aquilo que também nos dá”, referiu. 

Estas equipas são constituídas por um(a) enfermeiro/a do ACES do Alto Ave, um(a) técnico(a) de serviço social da Câmara Municipal e um elemento das Forças de Segurança. Estão definidas equipas multidisciplinares de suporte com intervenção nas e escolas e na comunidade em todo o território concelhio.

 
 

Comentários

comentários