Homem condenado a cinco anos e meio de prisão por partilhar pornografia de menores

O Tribunal de Vila Nova de Gaia condenou um homem a cinco anos e meio de prisão por arquivar e partilhar ficheiros digitais com pornografia de crianças, anunciou ontem o Ministério Público, através da Procuradoria Regional do Porto.

 
Homem partilhou na Internet uma imagem de uma menina com menos de 10 anos, parcialmente desnudada
Foto: Arquivo Global ImagensBraga, 10/03/2017 – Um homem de 24 anos foi esta sexta-feira detido na zona de Aveiro pelo alegado envolvimento no desaparecimento de uma menina de 13 anos de Beiral do Lima, Ponte de Lima. O homem foi detido numa residência onde também se encontrava a menor e encontra-se indiciado pela prática de um crime de rapto agravado. Na foto: O sequestrador foi detido pela Polícia Judiciária (Paulo Jorge Magalhães/Global Imagens)

Segundo o JN, um coletivo de juízes deu como provado que o arguido, residente em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, descarregou no seu telemóvel e em cartões de memória videogramas de crianças a sofrerem agressões sexuais por parte de adultos.

 
 

O tribunal deu ainda como provado que partilhou na Internet, em 13 de julho de 2019, uma imagem retratando uma menina com idade inferior a 10 anos, parcialmente desnudada e mostrando os órgãos sexuais.

Jornal de Notícias

 
 

Comentários

comentários

Você pode gostar...