“Humanity(ies) on the Move” colóquio sobre migrações

O Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho (CEHUM) organiza esta quinta e sexta-feira o colóquio online “Humanity(ies) on the Move”, para apresentar 18 projetos/redes nacionais e internacionais sobre migrações, assumindo um posicionamento interventivo das Humanidades perante este desafio global.

 
uminho

A sessão de abertura conta hoje, às 14h00, com o presidente do Conselho Internacional da Filosofia e das Ciências Humanas (CIPSH) da UNESCO, Luiz Oosterbeek, a presidente do CEHUM, Cristina Flores, e o coordenador do evento e professor do Instituto de Letras e Ciências Humanas da UMinho, Orlando Grossegesse.

 
 

De seguida conhece-se o projeto Humanize Refugees em Florianópolis (Brasil), a rede pan-europeia de multilinguismo MultiMind e a organização que leva a ciência a crianças emigrantes na sua língua (Native Scientists). Descobre-se também o preconceito nas decisões judiciais (InclusiveCourts), os ecos das ditaduras na produção artística de mulheres (Womanart), a mediação linguística nas ONG (Melinco) e percursos de mulheres imigrantes no ensino superior europeu (Voices of Immigrant Women). Após um período de debate, as conclusões ficam a cargo de Rui Miranda, da Universidade de Nottingham (Inglaterra).

Esta sexta-feira, também das 14h00 às 18h00, conhece-se a Rede Internacional de Cátedras José Saramago (JaRRICA), um programa com escritores migrantes (MIGRA), a organização Arquivo de Memórias Migrantes (sediada em Itália), o projeto Syrian Refugees Theatre (Filadélfia, EUA) ou as experiências europeias na inclusão escolar de Roma/Sinti (RISE) e na melhoria de competências digitais das migrantes (IncludeHER).

 
 

Há ainda para ver projetos de integração e acolhimento de cidadãos imigrantes (Residências Refúgio, Lisboa; DiverCidade, Braga), sobre as representações mediáticas do “outro” (DeOthering) e, a terminar, sobre a discriminação e o ódio no mundo online (NetLang). Todas as iniciativas destacam o papel das Humanidades na articulação entre a investigação e a sociedade, sendo que várias incluem a participação da UMinho.

Este evento online aberto à comunidade entende-se como divulgativo e preparatório do congresso homónimo, adiado para 2022, e da componente “Migração e Diversidade” na Conferência Europeia das Humanidades (EHC), de 5 a 7 de maio, inicialmente prevista para Lisboa, mas que passa para formato online. Os programas têm o apoio do CIPSH-UNESCO e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Mais detalhes e pré-registo para participar neste colóquio online em ceh.ilch.uminho.pt/ehum2m.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...