Novo Parque Eólico em Espindo – Vieira do Minho

Realizou-se no dia dia 21 de Abril a reunião de câmara do município de Vieira do Minho, onde o executivo Vieirense deliberou favoravelmente sobre a concessão de pedido de subsídios por parte da Sociedade Filarmónica de Vilarchão, com o objectivo de apoiar a sua atividade e a formação musical. Foi também declarado o interesse público municipal da obra de construção do edifício destinado à Casa da Cultura e Sede Sociedade Filarmónica de Vilarchão.

 
Vieira do Minho

Para além destas decisões o Executivo Vieirense deliberou, ainda sobre um conjunto de medidas que se prendem com a delegação de competências para as Juntas de freguesia de Rossas, Cantelães, União de Freguesias de Ventosa e Cova e Caniçada e Soengas.

 
 

A reunião serviu também para aprovar o pedido de autorização para instalação de Rede de Comunicações Eletrónicas em Fibra ótica bem como o pedido de apoio por parte da Junta de Freguesia de Mosteiro, tendo em vista a construção de muro de suporte e bancadas no campo de futebol.

Em cima da mesa de trabalho esteve ainda a celebração de contrato-programa de desenvolvimento desportivo com a Associação Cultural e Recreativa de Guilhofrei.
Foi tomado conhecimento do Projecto Mapa remetido pelo Gabinete da Secretária de Estado da Ação Social, relativo à transferência de competências no âmbito da Ação Social, para o Município de Vieira do Minho.

 
 

Nesta reunião foram, ainda deferidos dois pedidos de parecer para licenciamento de unidade autónoma de Gás Natural Liquifeito e Rede de Distribuição de Gás Natural em Baixa Pressão e um pedido de parecer de localização de um Parque Eólico para oito aerogeradores no lugar de Espindo , freguesia de Ruivães por parte da EDP Renewables .


O momento serviu, também para aprovar o Projecto Técnico da Obra de Reabilitação da Ponte do Bôco. Além destes pontos, foram também aprovados licenciamentos de obras particulares, entre outros assuntos.

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...