O Pecado do Abraço

O maior conforto de uma grande maioria da humanidade é um abraço apertado daqueles capazes de quebrar as costelas, mas já lá vai um ano que não nos é permitida tal demonstração de afeto.

 

Abraçar é dos gestos que mais significa sem que haja uma troca de palavras, seja qual for a situação um abraço dado sem contar transmite uma energia tão enriquecedora que nos torna capazes de enfrentar qualquer obstáculo.

 
 

Todos sentimos vontade e saudade de abraçar em diversos momentos ou por necessidade própria ou por acreditarmos que fará a diferença na vida do outro, mas por enquanto continua a parecer algo inexistente e fica apenas no pensamento.

Quando tudo ficar melhor iremos correr pelo mundo a distribuir abraços grátis que temos sido privados de dar. Mas certamente não iremos só abraçar as pessoas, abraçaremos com toda a garra as oportunidades, os momentos e até mesmo aquilo que outrora desvalorizamos.

 
 

Nos dias de hoje abraçar é quase visto como um pecado, mas quando voltar a ser possível será sem dúvida um ritual sagrado.

Texto: Joana Cancela

 

Comentários

comentários

Você pode gostar...